Dragonfly – Muito mais que um prédio ecologicamente correto

Eu achei esssa idéia incrível! Um protótipo de uma torre que na verdade é uma “cidade-fazenda” vertical!!

"Dragonfly" - Vista do Empire State Building

"Dragonfly" - Vista do Empire State Building

O projeto é da empresa belga Vincent Callebaut Architetures, que se inspirou nas asas da libélula para o design dessa exótica torre , com a certeza de que em poucos anos, a comida valerá ouro se continuarmos consumindo dessa maneira. Um conceito à favor do reuso do desperdício biodegradável, da conservação de energia e dos recursos renováveis para o planejamento de um denso ecossistema.

Dragonfly - projeto de Vincent Callebaut Architectures

Dragonfly - projeto de Vincent Callebaut Architectures

Para a empresa, a arquitetura do “Dragonfly” (libélula em inglês) sugere uma nova concepção nas construções verticais de enormes prédios (um boom em Nova York desde o século 19) estruturalmente, funcionalmente, ecologicamente e energeticamente.

Detalhe de "Dragonfly"

Detalhe de "Dragonfly"

A funcionalidade arquitetônica é representada por duas colunas simétricas colocadas em par, ao redor de um gigante jardim climático, que as interligam e que se desdobram nesse mesmo jardim. São duas asas cristalinas feitas de vidro e aço por onde a luz passa, e são inspiradas nas asas de um tipo de libélula de membranas transparentes e nervuradas (a Odonata Ansoptera).

Libélula da Família Odonata Ansoptera

Libélula da Família Odonata Ansoptera

A pretensão é que a torre seja construída no East River, na margem sul da Ilha Rooselvelt em Nova York, entre Manhattan e o Queens!, bem no meio da Big Apple! Exatamente do lado desse mega espaço urbano, financeiro e industrial, estaria instalada ali uma nova cidade em que os principais habitantes são animais e plantas, com o intuito de gerar uma nova produção alimentícia.

Dragonfly no meio da Big Apple

Dragonfly no meio da Big Apple

O negócio é gigante, são 132 andares em 600 metros verticais!! Ele pode acomodar 28 diferentes tipos de agricultura para produção de frutas, vegetais, grãos, carne e laticínios. O “Dragonfly” é um verdadeiro organismo vivo, auto sustentável em relação à água, à energia e até ao uso de fertilizante biológico. Nada se perde!

Exemplo de Variedade na Produção de Frutas e Vegetais

Exemplo de Variedade na Produção de Frutas e Vegetais

Além dessa diversidade, há um ciclo de vida permanente de 24horas, e para assegurar tudo isso há uma programação mesclada essencialmente atribuída em dois pólos, um para moradias e outro específico com espaços de trabalho. Por volta das moradias, escritórios e laboratórios de pesquisa, além do mais público ao mais privado cultivo, espaços desocupados são desenhados em jardins, pomares, terrenos, campos de arroz, fazendas e campos suspensos.

"Greenhouse"- Espaço entre as duas asas

Vista interior do jardim que interliga as duas asas de "Dragonfly"

A distribuição de circulação é feita por uma segura espinha presa aos vários elevadores, que trabalham para todas superfícies que já separa, simultaneamente, a entrada e saída de produção reciclada pelas plantas, animais e seres humanos.

Estrutura orgânica externa com uso de energias renováveis (sol e vento)

Estrutura orgânica externa com uso de energias renováveis (solar e eólica)

A climatização do espaço é pensada para o máximo aproveitamento de energia solar ao acumular ar quente no inverno na espessura da estrutura externa, e ao esfriar o ambiente por ventilação natural e pela evaporação das plantas no verão. Além disso, uma parte da torre possui uma proteção solar que produz metade da energia necessária para seu funcionamento, sendo que a outra metade é obtida através de 3 moinhos de vento. As duas fachadas exteriores funcionam como jardins verticais onde há plantas que filtram a água da chuva que pode ser reaproveitada internamente.

Espeços internos de "Dragonfly"

Espeços internos de "Dragonfly"

Os caras pensaram mesmo em tudo! Agora só falta saber se vai ser apenas um prótotipo ou se essa idéia maravilhosa vai se tornar real! Eu torço para que dê certo e que eles continuem estudando outras alternativas para nosso mundão de meu deus!

via designboom

4 pensamentos sobre “Dragonfly – Muito mais que um prédio ecologicamente correto

  1. Nossa, fantástico o projeto, precisa ver quanto custa, já cansei de ver idéias fantásticas que são iniviáveis finaceiramente.

  2. O projeto é sensacional,maravilhoso! Espero que sai do papel.
    Lembro que alguns anos atrás qdo pensávamos q coisa desse tipo era pura ficção. Espero ver esse dragonfly pessoalmente.
    Parabéns pelo mega projeto!

  3. muito bom , as grandes empresas deveriam se juntar e construir esses tipos de prédios , aonde tudo é aproveitado , dinheiro é de menos , e alias pra ser ecologico vale tudo , até o suado dinheiro .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s