BMW Z4 e Realidade Aumentada

Eu já falei aqui sobre Realidade Aumentada, que é uma linha de pesquisa que lida a integração do mundo real com elementos virtuais e dados do computador, utilizando símbolos no papel e a webcam para formar imagens realistas em 3D.

O novo Z4

Como disse anteriormente é uma ferramenta de grande potencial na publicidade que algumas empresas e agências do exterior vêm explorando. A BMW é uma delas que ao lançar o novo Z4 está usando vários recursos de interatividade para divulgar seu produto. Como na campanha da Skol Sensation, você pode imprimir o símbolo disponível no hotsite do Z4 e usar sua webcam para interagir com o carro, só é necessário fazer o download do software. O legal é a experiência de fazer arte com isso, explico: a BMW anteriormente lançou um comercial de TV em que o artista Robin Rhode usava a roda do carro como pincel e ficava “passeando” com o Z4 em um grande painel branco no chão, então, a idéia é que as pessoas possam brincar com a ferramenta da realidade aumentada e criar algo parecido com o comercial. Bem interessante e muito genial!
Além disso o Z4 têm um perfil no Facebook!!

Abaixo está o vídeo do comercial e logo depois o da experiência com a realidade aumentada.

Via Fubiz

Bloquinhos Interativos

Galera de tanta correria esses dias nem deu tempo de postar ontem e hoje só agora, por isso pra compensar por ontem, hoje vou falar sobre duas coisas.

Bom a primeira delas é sobre o Siftables, um projeto comandado por David Merrill do MIT (Massachussts Institute of Technology), que possibilita por meio de “bloquinhos que pensam” a interação entre informação e mídia no meio físico de uma maneira muito simples. O legal é que pode ser usado de maneira bem educativa paras as crianças. Bem só vendo o vídeo pra entender como essas coisinhas pequenas são poderosas!

O mundo daqui 10 anos

A Microsoft fez um vídeo de quase 6 minutos (0 Future Vision Montage) mostrando como o mundo poderá ser daqui 10 anos com o avanço da tecnologia e informática. Se o que ela prevê realmente acontecer, vai facilitar e muito nossas vidas.
Eu, sinceramente, espero que em 2019 as pessoas tenham maior consciência sobre os cuidados com o meio ambiente e realmente façam alguma coisa pois as reservas naturais não duram para sempre, quem sabe ainda quanto pode durar?

E você, o que espera do mundo em 10 anos???

Habilite Seu Sexto Sentido

Sixth Sense: integração dos dados online à realidade do mundo físico

Sixth Sense: integração dos dados online à realidade do mundo físico

Cada vez mais acho que nossa privacidade está sendo abalada. Logo todo mundo vai saber o que você faz ou deixa de fazer em detalhes sem ao menos te conhecer, como o que você comeu na quinta-feira de 26 de junho de 2008, coisas que podem parecer absurdas, mas que estão se tornando cada vez mais próximas de virar realidade.

A aproximação de um mundo cada vez mais interativo, e quem sabe à primeira vista até assustador, chega com o Sixth Sense (ou Sexto Sentido), um projeto do MIT (Massachussts Institute of Technology) que propõe a total interatividade do mundo digital com mundo real, ou seja, aliar a percepção natural que obtemos por nossos 5 sentidos usados para saber que ações tomar ao encontrar algo, alguém ou algum lugar à todas informações e dados acerca do mundo que estão disponíveis na rede.

O online interagindo com o offline

O online interagindo com o offline

Apesar de celulares e pequenos computadores nos possibilitar ficarmos ligados no mundo digital em qualquer lugar e à qualquer hora, não há interação direta entre esses dipositivos digitais com o mundo físico. Dessa forma, o Sixth Sense nos ajuda a ter uma melhor percepção do mundo de forma tangível, e assim, trazer o online para o offline. Basicamente, ele permite interagir com as informações digitais por meio de gestos naturais, integrando as informações da internet com a realidade.

Composto por um projetor, um espelho e uma câmera

Composto por um projetor, um espelho e uma câmera

O protótipo é composto por um projetor de bolso, um espelho e uma câmera que são acoplados como um dispositivo móvel, funcionando da seguinte forma: o projetor e a cãmera estão ligados a um outro dispositivo que fica no bolso do usuário; o projetor permite projetar informações em qualquer superfície, seja uma parede ou qualquer outro objeto físico para ser usado como interface; a câmera reconhece gestos da mão e objetos físicos, assim o software processa os dados capturados pela câmera e acompanha a movimentação dos marcadores coloridos que ficam na ponta dos dedos do usuário. O projeto ainda está sendo desenvolvido para que o dispositvo fique menor, porque ainda tem muita bugiganga no meio para que ele funcione, mas o projeto já é um grande avanço.

Assista aos vídeos e entenda melhor como essa super nova tecnologia funciona!