Pensamento Inspirador do Dia #19

“If you want to be happy for a short time, get drunk; happy for a long time, fall in love; happy forever, take up gardening.

Arthur Smith, dramaturgo e comediante

________________________________________________________________________________________________________
*O “Pensamento Inspirador do Dia” é uma seção do blog que traz um pensamento para inspirar o dia. Pode ser de um filósofo, matemático, poeta, a tia do elevador, alguém no ônibus, um amigo, enfim. Nada muito sério. Pode ser cómico, pode ser fofo ou rude. Pode ser um sermão de mãe ou um conselho de padre. Se quiser participar também, podem mandar sua sugestão aqui.

 

Anúncios

Pensamento Inspirador do Dia #18

“Pensar globalmente, agir localmente.

Frase originada pelas ideias de Patrick Geddes

________________________________________________________________________________________________________
*O “Pensamento Inspirador do Dia” é uma seção do blog que traz um pensamento para inspirar o dia. Pode ser de um filósofo, matemático, poeta, a tia do elevador, alguém no ônibus, um amigo, enfim. Nada muito sério. Pode ser cómico, pode ser fofo ou rude. Pode ser um sermão de mãe ou um conselho de padre. Se quiser participar também, podem mandar sua sugestão aqui.

5 Ideias Inspiradoras para o Dia das Mães

Lembra quando você era criancinha e fazia na escola o seu próprio presente de Dia das Mães? Eu adorava fazer aquelas melecas experiências e botar a mão na massa. Pensando nisso, selecionei algumas ideias “faça você mesmo” (DIY) com dicas de presentes que sejam realmente únicos.

Sua mãe com certeza vai adorar receber algo feito especialmente para ela. E além de você ganhar alguns créditos com a mama, ainda pode ecomonizar um bom dinheiro e se livrar de um shopping lotado e parecer que você comprou a primeira coisa que viu ou foi na loja que tinha a menor fila.

1 – Café da manhã de Rainha

Se você for comprar uma cesta de café da manhã vai gastar aproximadamente uns 80 reais, no mínimo! Por isso fazer uma cesta especial pra sua mãe vale muito mais a pena.

Escolha as guloseimas que sua mãe mais gosta, vale de tudo: geléias, biscoitos, patês, chocolates, sem esquecer de frutas, pães e bolos. Se ela estiver de dieta ou for diabética, dá para comprar produtos diet em qualquer supermercado (até em mercadinhos também). Depois é só ajeitar tudo numa cesta forrada com papel celofane ou crepon e fazer (ou comprar) um laço de fita. Se você for mais prendado(a) dá até pra fazer a cesta com jornal.

Outra dica é preparar o café da manhã no grande dia. Acorde um pouco mais cedo (ou nem vá dormir, se você como eu for pra alguma festa no dia anterior rs), passe o café, esquente o leite, passe a manteiga/geléia/patê/nutella no pão, corte uns morangos ou qualquer outra fruta que ela goste, ajeite numa bandeja e enfeite com uma rosa.

Se quiser algo ainda mais especial (essa é pra aqueles mais prendados), aqui tem uma receita de aveia com morango e banana deliciosa. Não é muitooo difícil, é só misturar a aveia com as frutas e queimar um pouco de açúcar por cima.

2 – Faça uma surpresa

Essa dica foi inspirada na páscoa, mas achei a ideia tão original que acho que pode ser estendida pra qualquer aniversariante ou num dia comemorativo como esse. Pensando bem, daria até para fazer um pedido de casamento…

Conhece biscoitos da sorte? É parecido, só que ao invés de números e ditados chineses, uma frase como “Mãe, você é foda!” e ao invés de biscoito, um ovo (ou algo parecido com um).

Dá pra fazer de duas formas (clique nas imagens para ver o passo-a-passo):

1- Quebre o ovo com delicadeza para formar um buraco. Tire a gema e a clara (faça uma omelete pra sua mãe). Escreva algo legal(não vale pedir presente!) num papelzinho, enfie no buraco e pronto! Se quiser passe uma tinta ou deixe cru e o coloque junto com os ovos da geladeira, deixando um recado para que ela quebre o ovo.

2- O outro jeito, que demanda mais tempo e habilidade é fazer o “ovo” com papel marché, usando bexigas como molde. Se não quiser (ou não puder) colocar na geladeira, dê junto com o seu presente.

Se for do habilidoso, tente fazer essa bola “mágica” abaixo que consegue esconder até 16 objetos!

3 – Faça o almoço (ou a sobremesa) de domingo

Já que o dia é dela, devemos fazer de tudo para tornar esse dia especial, então nada mais gratificante do que o filho fazer a comida para a mãe, não é mesmo? Você não precisa ter incríveis dotes culinários para preparar alguma coisa que se preze gostosa, invista nos pratos fáceis e práticos de fazer e até peça algumas dicas para sua mãe, ela vai se sentir muito importante também! Pense em algo como um strogonoff de frango, uma torta salgada ou se achar melhor não arriscar muito faça a sobremesa!

Eu sou péssima na cozinha, mas uma das únicas coisas que sei fazer é uma torta de limão deliciosa e que é muiiito fácil de fazer, segue aí a receita:

Ingredientes
– Uma lata de leite condensado
– Uma lata de requeijão (você leu certo, REQUEIJÃO!)
– Dois ou três limões
– Um pacote de bolacha de maisena ou de leite e mel
– Algumas colheres de margarina

Recheio
Esprema os limões e misture o “suco” no liquidificador junto com o leite condensado e o requeijão para formar a mistura da torta.

Massa
Para aquela base durinha da torta é só picar bem a bolacha no liquidificador (limpo) até formar uma farofa. Depois disso é só misturar com a margarina até formar uma massa homogênea.

Montagem
É só colocar a massa durinha numa vasilha e por cima colocar o recheio, depois é só levar para a geladeira e deixar por umas 2, 3 horas (nunca contei muito o tempo rss), até o recheio meio ficar durinho. Fica uma delícia!

Se quiser algo ainda mais fácil, faça uma gelatina em cascas de frutas (fácil, mas diferente) ou sorvete de 5 minutos!

4- Passe o tempo com a sua mãe

Nada mais justo do que você parar um pouquinho em casa e ficar com sua mama, ela merece! Pergunte o que ela quer fazer e prepare um dia lindo. Passeio no parque com direito a piquenique; cinema; teatro; aula de dança; dar uma votinha no quarteirão;  falar mal das vizinhas; estourar bexigas; ver fotos antigas; saltar de paraquedas; andar de bike; fazer uma tatuagem; ir a praia; passar num SPA; ver uma exposição… Enfim as possibilidades são infinitas!

5 – Presente inesquecível

Se você leu todas essas dicas e não ficou satisfeito com nenhuma das ideias, pois não tem habilidade ou está com preguiça mesmo, e ainda acha que sua mãe vai gostar mesmo de um bom presente comprado no shopping, seus problemas acabaram! Ainda dá pra tornar aquele livro, CD, camisola, perfume, DVD do Roberto Carlos em algo um pouco mais especial!

Por exemplo, faça um kit. Escolha um tema relacionado com as coisas que ela gosta e brinque com a ideia. A minha amiga Maíra Luna que me deu essa dica, fez isso pra mãe dela no ano passado. A mãe dela adora cozinhar, então ela comprou um livro de receitas, um caderno para ela escrever novas receitas, um utensílio de cozinha e um CD para que ela possa ouvir enquanto estiver cozinhando. Colocou tudo numa caixa linda e pronto. Genial!

Outra ideia é embrulhar seu presente com tecido, é fácil e fica bem bonito também, olha só:

Mas se ainda quiser botar a mão na massa, pode fazer seu próprio papel de presente!

Ufa, é isso! Gostou das ideias? Contta aí o que você fez e seu deu certo!

Beijos e Feliz Dia para todas as Mães! =)

Como substituir sacolinhas de plástico para o lixo

Enfim voltando aos posts oficialmente! Começo com algo bem simples e útil que vi esses dias no blog interno de práticas e idéias sustentáveis da empresa, que é aliás de responsabilidade da área em que trabalho, o Marketing, então também … Continuar lendo

Eco Fun

É muito chato tentar melhorar o planeta (socialmente e ecologicamente) quando te obrigam a fazer coisas que você não está acostumado. Tudo é muito imperativo: “Não desperdiçe água”; “Separe o lixo corretamente”; “Ande menos de carro” e etcteras. E acaba que ninguém faz nada. É tão chato que tem até nome: “eco chato“, mas não é mais interessante ser “eco fun“?

Mais ou menos com essa idéia nasceu The Fun Theory (A Teoria da Diversão), uma iniciativa bem bacana da Volkswagen, que estimula as pessoas mudaram seu comportamento pela diversão. Algumas ações até já foram colocadas em prática:

– Uma escada em forma de piano, em que ao pisar em cada degrau uma nota diferente é tocada, estimulando o exercício físico

– Um lixo em forma de fliperama para garrafas e latas em que você vai ganhando pontos ao “jogar”

– O lixo mais fundo do mundo, que faz aquele barulho de coisas caindo muito muito muito fundo.

E aí curtiu? Acha que tem idéias melhores? Então aproveita e participa do The Fun Theory Award e quem sabe você não ganha 2.500 euros?

Uma das idéias que está concorrendo ao prêmio, que achei bem legal é o Garbage Jukebox, uma solução para tentar amenizar o lixo das festas na rua, enquanto você vai jogando as coisas no lixo, a música vai rolando.

Meu projeto

Olá pessoal tudo bem? Depois do post-desabafo, tô bem melhor e com idéias de levantar esse blog novamente! Mas na verdade, hoje tô aqui mesmo pra fazer um jabazinho básico! Venho falando no blog do Jogo da Cidadania e do meu projeto que estava fazendo. Correria pra caramba pra entregar tudo certo e na hora, é tanta coisa que uma hora você acaba achando que nunca vai acabar e se desespera, esquece festa no fds por um tempo e põe a cabeça pra trabalhar! Experiências mil, insubistituíveis e inexplicáveis, aliás recomendo muito participar desse projeto, te dá um olhar novo pras coisas!

Bom mas enfim, indo ao que interessa hehehe, tá aberta a votação para o público em geral e isso vale 10% da nota geral! Vai ser muito legal quem puder dar essa força, é só dar a nota de acordo com o que acha colocando de 1 a 5 estrelas. Lá no site você vai encontrar nossa apresentação do projeto, um vídeo e um aúdio de exemplo que tivemos para a criação. Foram feitas outras peças também, mas como não eram obrigatórias não foram para o site, mas mais tarde eu adiciono aqui! Ah aproveitem e vejam a apresentação da nossa agência:

Agência Seed

Desde abril de 2009, a Seed tem como iniciativa “semear” boas idéias e práticas por intermédio das ferramentas da comunicação. Como agência enxuta, trabalhamos por projetos e semeamos a multidisciplinaridade em busca de soluções ousadas e inovadoras aos nossos clientes. Dentre as áreas e serviços podemos destacar consultoria, gestão, conteúdo e comunicação.

Integrantes:
Bruna Brasetti
Laura Fostinone
Yvone Delpoio

Então é isso aí, acessem aqui e votem, please!

Logo mais virão posts mais inspiradores!!

Dragonfly – Muito mais que um prédio ecologicamente correto

Eu achei esssa idéia incrível! Um protótipo de uma torre que na verdade é uma “cidade-fazenda” vertical!!

"Dragonfly" - Vista do Empire State Building

"Dragonfly" - Vista do Empire State Building

O projeto é da empresa belga Vincent Callebaut Architetures, que se inspirou nas asas da libélula para o design dessa exótica torre , com a certeza de que em poucos anos, a comida valerá ouro se continuarmos consumindo dessa maneira. Um conceito à favor do reuso do desperdício biodegradável, da conservação de energia e dos recursos renováveis para o planejamento de um denso ecossistema.

Dragonfly - projeto de Vincent Callebaut Architectures

Dragonfly - projeto de Vincent Callebaut Architectures

Para a empresa, a arquitetura do “Dragonfly” (libélula em inglês) sugere uma nova concepção nas construções verticais de enormes prédios (um boom em Nova York desde o século 19) estruturalmente, funcionalmente, ecologicamente e energeticamente.

Detalhe de "Dragonfly"

Detalhe de "Dragonfly"

Continuar lendo

Garrafas PETS gigantes transformadas em mochilas

Você deve lembrar bem das garrafas PETS gigantes coloridas que o artista Eduardo Srur expôs nas margens do Tietê aqui em São Paulo, era parte da mostra Quase Líquido, que deram o que falar no ano passado e eu achei o máximo! O artista foi além e depois de chocar e tentar conscientizar a galera, deu um fim muito legal para as garrafas.

Tietê - PETS

Tietê Noite - PETS

Em conjunto com o Itaú Cultural, Eduardo convidou o estilista Jum Nakao para transformá-las em mochilas, que foram confeccionadas com o apoio da ONG Design Possível. Foram 2.500 unidades distribuídas para os alunos da rede pública e ONGs parceiros do projeto. Além disso, as crianças também receberam apostilas com informações sobre o meio ambiente.

Muito envolvente e inspiradora essa ação, parabéns a todos participantes e colaboradores do projeto.  São pessoas e atitudes assim que fazem com que eu acredite que ainda há esperança de um futuro menos pior.

mochila feita com PET

Diferentes cores para a mochila Outras cores

A História das Coisas

Assisti a esse filme de novo no fim de semana no Jogo da Cidadania, um programa que estou participando onde eu e mais um grupo de estudantes de comunicação vamos criar um Plano de Comunicação para a empresa escolhida Nestlé, utilizando conceitos de Sustentabilidade e Responsabilidade Social Empresarial.
Bem, quem não viu (já deve fazer uns 2 ou 3 anos que esse filminho está no ar) recomendo assistir imediatamente! Nele, Annie Leopard, a idealizadora do projeto The Story of Stuff (A História das Coisas) que viajou o mundo em busca de respostas de onde as coisas vêm e para onde elas vão, explica em 20 minutos como realmente o sistema das coisas funciona desde a extração até o tratamento de lixo, apontando os problemas sociais e ambientais devido nosso hábito consumista e mostra como podemos reverter essa situação.
É bem educativo, interessante e até chocante. Vale a pena também rever se você já viu!

Abaixo o filme está com legendas, mas se você quiser assistir dublado veja aqui.

Um jeito verde de arrumar a casa

nowirehangers

Meu quarto é uma bagunça! Até consigo me achar naquilo, não ligo tanto, é minha mãe que realmente não gosta… Normalmente eu acho algo que não estou procurando e não acho o que procuro! É papel e até lixo para tudo quanto é lado que vai acumulando durante a semana, até que chega uma hora que é preciso organizar as coisas (para enfim eu poder achar o que eu procuro)! Sem contar nas roupas que se misturam no guarda-roupa…

nowirehangers-lampada

E se eu arrumasse a bagunça de uma maneira que além de me ajudar, contribuisse para ajudar o planeta? Essa é a idéia de Julie Naylon com o No Wire Hangers (“Não aos cabides de plástico”), um jeito verde para a organização da casa, são pequenas mudanças de hábito para um estilo de vida com preocupação ecológica.

Para isso é feita uma consultoria que avalia o jeito de viver dos moradores da casa e saber o que dá ou não dá certo em cada situação. Dessa maneira, a organização é feita a partir de 5 apropriadas soluções: doar, vender, manter, consertar ou reciclar.

A empresa fica em Los Angeles e pensa detalhadamente na melhor eficiência da casa, mas podemos copiar aqui alguns exemplos simples como:

– Recicle cabides de plástico e troque por cabides ecológicos (mais resistentes e normalmente feitos de papel reciclado e/ou plático reciclado).
– Doe aparelhos eletrônicos velhos e celulares que você não usa mais  para centros de reciclagem ou instituições locais.
– Use toalhas velhas como panos de limpeza.
– Doe produtos cosméticos que deixaram de ser usados (como shampoo e loções) para mulheres de abrigos.
– Use menos papel, pague suas contas online.

Dessa forma todos se beneficiam e a comunidade também acaba ficando mais organizada e melhor para se viver. Além disso a economia de dinheiro que tudo isso gera é enorme!

Cabide ecológico

Cabide ecológico feito de papel reciclado

Quanto aos cabides ecológicos, há 2 empresas no Brasil (a Simcom e a Green Hanger) que atendem as lavanderias, retirando de circulação aqueles cabides de arame mal acabados e que por não serem muito resistentes, acabam indo para o lixo facilmente quando chegam em casa. No lugar deles: cabides que tem nenhum ou baixo custo às lavanderias, pois são usados como mídias alternativas para publicidade, ou seja, são os anunciantes que pagam pelos cabides.

Então quando for organizar sua casa ou mesmo seu quarto, pense bem o que melhor pode ser feito. Se você quiser uma ajuda para se reorganizar (não apenas na sua casa), acesse o Manual da Etiqueta Sustentável, uma cartilha do Planeta Sustentável (projeto do Grupo Abril) de 50 dicas sobre o que pode ser feito em casa, no trabalhona rua e até na vida pessoal para promover a sustentabilidade.